Cartão de crédito empresarial: tudo o que você precisa saber

Início » Gestão de Despesas » Cartão de crédito empresarial: tudo o que você precisa saber
10 minutos de leitura

Você já pensou que ter um cartão de crédito pode ser uma boa estratégia para manter as finanças da empresa em dia? Se você – como a grande maioria das pessoas – nunca imaginou esse cenário, vamos te explicar como o uso de um cartão de crédito empresarial é capaz de manter o orçamento do seu negócio controlado e bem organizado.

Pensando em simplificar a sua vida, reunimos aqui as principais informações para te ajudar a conhecer melhor essa solução e modos de aplicá-la.

Leia este artigo até o fim e tire todas as suas dúvidas sobre o assunto!

O que é um cartão de crédito empresarial?

Antes de tudo, é preciso entender o que é um cartão de crédito empresarial.

O conceito é muito simples: é um cartão que possui as funções normais de débito e crédito, mas é exclusivo para pessoas jurídicas.

Ou seja, é uma ferramenta utilizada para facilitar a compra de bens e serviços para a empresa em questão. O seu principal diferencial é promover maior agilidade em transações do dia a dia.

Porém, para ter acesso ao cartão de crédito empresarial é preciso que a empresa tenha um faturamento mensal menor do que as elegíveis para cartão corporativo.

Quanto ao funcionamento do cartão de crédito empresarial, o processo é bem simples. Além de não existirem diferenças tão expressivas quanto os cartões indicados para pessoas físicas.

Vejamos abaixo, em mais profundidade, como ele funciona.

Como funciona o cartão de crédito empresarial?

O cartão de crédito empresarial funciona da mesma maneira que um cartão comum, como estamos acostumados, o seu grande diferencial está no público alvo.

Essa ferramenta foi desenvolvida para empresas, mas as funções são as mesmas que as de um cartão de crédito ou débito para pessoas físicas.

Dessa forma, o cartão empresarial pode servir a diferentes propósitos, a depender das necessidades de cada companhia e da forma como forem utilizados.

É muito comum encontrar diferentes modalidades de cartão, que se modificam de acordo com a função, podendo ser exclusivos para pagamento de combustível, adiantamentos, premiações e presentes.

Além disso, as formas de uso podem variar de acordo com os critérios estabelecidos por cada empresa.

Normalmente, essa ferramenta é utilizada para cobrir diversos gastos empresariais, variando desde viagens corporativas até refeições entre colaboradores.

Caso seja necessário, também é possível determinar quais cargos possuem acesso a esse benefício, tornando o cartão de crédito empresarial exclusivo para alguns funcionários.

Qual a diferença entre cartão de crédito empresarial e cartão corporativo?

Apesar de parecerem sinônimos, existe sim uma diferença na definição de cartão empresarial e cartão corporativo.

A principal diferença entre os dois está no faturamento mensal da empresa em questão.

Os dois funcionam da mesma forma – como um cartão de crédito ou débito normal – entretanto, o cartão corporativo é utilizado por companhias com faturamento mensal mais alto do que aquelas que fazem uso dos cartões empresariais

Ou seja, os cartões corporativos são praticamente exclusivos de grandes empresas.

Caso tenha interesse em saber mais sobre como controlar os gastos no cartão corporativo, não deixe de visitar nosso artigo sobre o assunto.

Quais as vantagens e desvantagens do cartão de crédito empresarial?

Assim como qualquer outra ferramenta voltada para o controle de finanças, o cartão de crédito empresarial apresenta vantagens e desvantagens em seu uso.

Confira as principais a seguir:

1. Centralização de contas

Manter as finanças empresariais organizadas é um desafio enorme, principalmente se os gastos estiverem divididos entre contas e cartões de crédito diferentes.

Assim, optar pelo cartão de crédito empresarial tem por propósito facilitar a gestão financeira e o controle dos gastos.

Essa ferramenta melhora a organização das despesas e a administração dos gastos é tradicionalmente realizada por meio da conciliação dos extratos da fatura do cartão.

É nesse ponto que a fatura do cartão de crédito empresarial funciona como uma ferramenta de centralização das despesas corporativas, facilitando na hora de realizar a conferência dos gastos.

Além de otimizar a gestão de compliance da sua empresa, o uso do cartão empresarial ganha vantagem sobre o processo de reembolso de despesas ao poupar o tempo do colaborador com as burocracias da prestação de contas.

Porém, é muito importante reforçar que realizar os gastos no cartão empresarial não exclui a necessidade da prestação de contas.

2. Maior controle do fluxo de caixa

O cartão empresarial, por estar diretamente ligado a somente uma conta, facilita o pagamento de despesas e a análise de informações.

Essa centralização auxilia na economia de tempo para os funcionários e confere maior controle sobre os recursos no caixa.

Assim, o bom uso de um cartão empresarial facilita a manutenção de um fluxo de caixa atualizado, ferramenta básica e essencial para o bom funcionamento de qualquer empresa.

3. Aperfeiçoamento do planejamento financeiro

Para que um planejamento financeiro seja eficiente, ele deve demonstrar as porcentagens de gastos de forma exata nas diversas áreas envolvidas.

De maneira a auxiliar nesse planejamento, o cartão empresarial permite que o gerenciamento dos gastos ocorra com maior precisão, visto que é possível gerir precisamente os investimentos realizados.

Esse nível de controle permite a qualquer companhia estruturar suas iniciativas com maior fundamento, que podem variar desde o salário até o oferecimento de benefícios, por exemplo.

Por outro lado, o cartão de crédito empresarial também apresenta certas desvantagens.

Para fazer sempre a melhor escolha, é necessário conhecer todos os lados, não é mesmo?

4. Maior burocracia

Podemos citar a maior burocracia envolvida na abertura de conta PJ como uma desvantagem do processo.

Veja também:  Como controlar gastos com cartão corporativo: dicas essenciais + Planilha gratuita

Em muitas instituições bancárias, principalmente nas mais tradicionais, o processo para reconhecer a existência da empresa ocorre em várias etapas e pode acabar prolongando algo que deveria ser mais prático.

5.  Facilidade de gastar demais

Ter um cartão empresarial em mãos requer muita responsabilidade da parte do colaborador. Em casos nos quais o funcionário não compreende a maneira correta de utilizar essa ferramenta, podem ocorrer gastos supérfluos, causando prejuízos para a companhia.

Dessa forma, a facilidade que o cartão de crédito empresarial confere ao dia a dia precisa ser vista com cautela pelos colaboradores, pois pode levar à desestabilidade financeira da companhia.

Uma forma de se proteger contra esse tipo de irregularidade nos processos financeiros é apostar em tecnologia antifraude, como o Hórus do VExpenses.

O Hórus foi desenvolvido pelo VExpenses para ser aplicado ao processo de prestação de contas de funcionários. Essa tecnologia consegue detectar desde itens proibidos presentes na notinha fiscal, até o uso de uma mesma nota fiscal como comprovante de mais de uma despesa diferente.

Quais os tipos de cartão de crédito empresarial?

Da mesma forma que existem diferentes tipos de cartão de crédito para pessoas físicas, os cartões empresariais também apresentam diversas funcionalidades que se adequam às realidades distintas de cada negócio.

Veja a seguir os principais tipos:

1. Internacional

O cartão de crédito internacional é ideal para empresas que possuem negócios no exterior e precisam enviar os seus colaboradores para fora do país.

Além de funcionar normalmente no Brasil, o cartão pode ser habilitado para compras em outros países.

2. Pré-pago

Essa modalidade de cartão empresarial funciona somente na função débito e as compras só podem ser realizadas mediante recarga prévia.

Assim, o cartão pré-pago permite um nível maior de controle sobre os gastos realizados.

3. Platinum

Essa categoria além de funcionar para compras internacionais, também oferece seguro viagem incluso no valor da anuidade.

O seu uso é indicado para empresas que apresentam alta movimentação financeira.

4. Black

Um patamar acima do platinum, essa categoria confere status à sua empresa.

Seu principal diferencial são as comodidades para quem porta esse cartão, tais como:

  • acesso à salas VIP em aeroportos;
  • serviço de assistência exclusivo;
  • proteção de bagagem;
  • entre outras.

5. Cartão BNDES

Também conhecido como cartão empresarial para MEI, esse tipo de cartão de crédito financia investimento de micro, pequenas e médias empresas, além dos microempreendedores individuais.

Quem pode solicitar um cartão de crédito empresarial?

Nem sempre é preciso ter uma conta PJ para conseguir um cartão empresarial. Para solicitar um cartão de crédito empresarial você pode seguir por dois caminhos:

  • Instituições financeiras tradicionais, como bancos físicos e digitais;
  • Empresas financeiras alternativas, como as empresas especializadas em gestão de despesas corporativas.

As empresas de soluções financeiras alternativas aos bancos tradicionais oferecem mais facilidades para conseguir um cartão de crédito empresarial.

Essas empresas concedem menores tarifas de gerenciamento do cartão e melhor atendimento do que o oferecido pelas instituições financeiras tradicionais.

Tudo isso mantendo o mesmo nível de segurança oferecido pelos bancos, sem oferecer risco nenhum para sua empresa.

Se você quer eliminar a burocracia da sua gestão de despesas corporativas desde o momento da aquisição dos cartões, a melhor escolha é procurar por uma dessas soluções.

Caso contrário, é possível contar com os cartões oferecidos pelos bancos tradicionais e digitais.

Ao escolher essa opção, antes de mais nada, é preciso ter uma conta bancária para então solicitar um cartão de crédito empresarial.

Dessa forma, o mais indicado é que a companhia solicite o cartão na mesma instituição financeira onde já é cadastrada, por motivos de maior praticidade e algumas vantagens nas taxas pagas.

Quando a empresa já é correntista em uma instituição, por exemplo, se torna possível até mesmo solicitar o cartão de crédito empresarial online.

Entretanto, é sempre indicado realizar uma pesquisa de mercado para ter certeza que você está contratando o que melhor atende às necessidades da sua empresa.

Assim, quem pode solicitar o cartão empresarial são os sócios, o representante legal da companhia ou pessoas previamente autorizadas a realizar tal operação.

Como fazer um cartão de crédito para minha empresa?

Se você ficou interessado e quer saber como conseguir um cartão de crédito com menos burocracia, basta entrar em contato com uma das empresas que oferecem esse serviço.

Depois de solicitar esse contato com a empresa, a equipe comercial entrará em contato com você para entender sua demanda e como funciona o seu processo.

Em pouco tempo você terá seu cartão em mãos, totalmente ajustado às necessidades da sua empresa. Sem exigir nenhuma documentação complexa da sua parte!

Mas, se você quer saber como fazer um cartão de crédito empresarial em uma instituição financeira tradicional, se prepare para mergulhar na documentação que é necessária para realizar esse processo.

É preciso ter muita atenção na hora de separar os documentos exigidos, pois em caso de ausência de algum papel, o processo de abertura de conta pode demorar ainda mais.

Veja quais documentos você deve ter em mãos:

  • Registro de firma individual;
  • Contrato Social;
  • Declaração simplificada ou DIPJ;
  • Demonstrativo dos débitos consolidados e extrato da conta REFIS do último exercício;
  • Imposto de Renda de Pessoa Física dos sócios;
  • RG e CPF dos sócios e dirigentes;
  • Comprovante de residência dos sócios e dirigentes;
  • Certidão Conjunta de Débitos, Relativos a Tributos Federais,
  • Certidão de Dívida Ativa da União ou mesmo de Certidão Conjunta Positiva, com Efeitos de Negativa de Débitos relativos a Tributos Federais e à Dívida Ativa da União;
  • CND – Certidão Negativa de Débito (Previdenciária), expedida pela Secretaria da Receita Federal,
  • Certificado de Regularidade do FGTS.
Veja também:  Como guiar uma auditoria financeira de reembolso de despesas

Com todos os documentos em mãos, você já pode entrar em contato com a instituição financeira escolhida e dar início ao procedimento.

Qual o melhor cartão de crédito empresarial?

O mercado de cartões de crédito empresariais é bastante competitivo, como já era de se imaginar.

Com a enorme oferta de produtos, se torna cada vez mais difícil ter certeza da escolha certa para sua empresa.

Como vimos, existem diversos tipos de cartões empresariais que se adequam às diferentes necessidades, entretanto, alguns são melhores que outros de forma geral.

Assim, selecionamos aqui os cinco cartões empresariais de instituições financeiras tradicionais que foram melhores avaliados pelos usuários no último ano.

Conhece-os abaixo:

1. Cartão Bradesco Empresarial Elo Nanquim Diners Club

Essa categoria de cartão Bradesco empresarial foi eleita como primeiro lugar em 2020.

Dentre suas vantagens, o uso do cartão permite o acúmulo de 2,5 pontos a cada US$1 gasto no crédito.

Além disso, oferece:

  • 10 acesso à salas VIP e lounges nos principais aeroportos por ano;
  • Seguro viagem;
  • Chip de telefonia internacional com 4GB de dados;
  • Dois transfers para aeroporto dentro do período de um ano no valor de R$150 cada um,
  • Wi-fi grátis em milhões de pontos espalhados pelo Brasil e mundo.

2. Cartão Ourocard Empresarial Elo Nanquim Diners Club

Em segundo lugar, temos o cartão empresarial do Banco do Brasil, que confere aos seus clientes 2,2 pontos a cada dólar gasto no crédito.

Esse é seu único ponto de divergência para o primeiro lugar, visto que todas as outras vantagens citadas no cartão Bradesco empresarial se repetem no concorrente.

3. Cartão American Express Business Card

Aqui no Brasil, o terceiro lugar é comercializado pelo banco Bradesco e permite aos seus usuários o acúmulo de 1,5 pontos por cada dólar gasto em função crédito.

Caso o consumo ultrapasse a marca dos R$7.000 mensais, a pontuação sobe para 2 pontos por dólar gasto.

Além disso, o cartão empresarial da American Express também oferece seguro viagem e acesso ilimitado às salas VIP Amex Centurion e também aos Lounges Bradesco.

4. Cartão Ourocard Corporativo Visa Infinite

O quarto lugar é ocupado por mais um cartão de crédito empresarial do Banco do Brasil.

Esse modelo permite o acúmulo de 1 ponto a cada dólar gasto, com validade de um ano.

Por outro lado, oferece acesso ilimitado às salas VIP LoungeKey e Priority Pass e a anuidade não é cobrada caso os gastos mensais fiquem acima da marca de R$15.000.

5. Cartão Caixa Empresarial Elo Grafite

O cartão caixa empresarial configura como quinto lugar no ranking de 2020.

Assim como o quarto lugar, também permite o acúmulo de 1 ponto a cada US$1 gasto. Outras comodidades do cartão empresarial caixa são:

  • Acesso ilimitado à sala VIP Elo em Congonhas;
  • Dois acessos por ano para diversas salas VIP LoungeKey;
  • Seguro viagem,
  • Chip de 2GB de dados para uso no exterior.

Como controlar os gastos com cartão de crédito empresarial?

Uma das vantagens citadas de se ter um cartão de crédito empresarial é a facilidade em manter as finanças organizadas.

Isso ocorre porque os cartões estão atrelados a uma única conta, da empresa, permitindo maior controle sobre os gastos.

Fazer uso dessa ferramenta, inclusive, diminui o processo de reembolso de despesas, algo que sempre gera trabalho para as empresas.

Assim, manter um bom controle financeiro do cartão empresarial é essencial para o bem-estar financeiro de qualquer companhia.

Para auxiliar no processo de controle de gastos, separamos aqui algumas dicas principais para você pôr em prática e manter sempre as finanças em dia.

1. Determine regras

Ao estabelecer o uso do cartão empresarial no seu negócio, você deve deixar bem claras as regras de utilização do mesmo para todos.

Sem regras conhecidas, você corre risco de sofrer as consequências do descontrole de gastos.

Defina quais cargos podem usar e como usar.

2. Fique de olho nas despesas

Todas as despesas relacionadas ao cartão empresarial devem ser lançadas e classificadas de acordo com o plano de contas.

Assim, você evita a surpresa de dar de cara com uma fatura estourada ao fim do mês, principalmente para cartões de crédito empresarial pós-pagos.

3. Faça uso das ferramentas de controle

Hoje em dia é possível ter controle das finanças de maneira automatizada, na palma da mão.

Para auxiliar nessa tarefa, busque soluções junto ao seu banco e mantenha sempre todas as transações bem alinhadas: gastos, entradas e extrato bancário.

Além disso, a contratação de empresas especializadas em controle financeiro, como o VExpenses, também te auxilia nessa tarefa de manter as finanças da sua companhia sempre em ordem.

Se interessou pelos pontos positivos do cartão de crédito empresarial? Se a sua empresa ainda não conta com essa ferramenta, vale a pena analisar as possibilidades e verificar se essa não seria uma boa forma de manter as finanças organizadas.

Não deixe de conhecer a nossa newsletter e receba conteúdos como esse no seu e-mail. Nosso blog possui conteúdos exclusivos sobre gestão financeira que são essenciais para você e para a sua empresa!

Carolina Crumo


Apaixonada por marketing e por aprender e poder compartilhar conteúdos que engajam e informam. Sou parte do time VExpenses e ajudo a construir um mundo mais empático através de soluções financeiras.

Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.