Gestão Estratégica: O que é e como torná-la eficiente? 
Para alcançar seus objetivos estratégicos, uma empresa precisa que todas as suas áreas estejam alinhadas. É neste cenário que entra a gestão estratégica, um conjunto de práticas que tem como meta melhorar o desempenho do negócio, para gerar melhores resultados.  Neste artigo, explicaremos um pouco mais sobre como uma organização pode implementar uma gestão estratégica […]
28 de maio de 2024
9 min de leitura

Para alcançar seus objetivos estratégicos, uma empresa precisa que todas as suas áreas estejam alinhadas. É neste cenário que entra a gestão estratégica, um conjunto de práticas que tem como meta melhorar o desempenho do negócio, para gerar melhores resultados. 

Neste artigo, explicaremos um pouco mais sobre como uma organização pode implementar uma gestão estratégica eficiente e quais são seus principais benefícios a médio e longo prazo. Para saber mais, continue a leitura!

O que é Gestão Estratégica?

Como citamos anteriormente, a gestão estratégica é uma série de práticas que visa utilizar de forma eficiente todos os recursos que uma empresa tem à disposição. O intuito é alcançar as metas da companhia, podendo ser a curto, médio e longo prazo. 

O processo envolve analisar os indicadores de resultados do negócio, aliando isso ao uso de ferramentas que são essenciais na hora da tomada de decisões. Além disso, a gestão estratégica olha para o cenário da empresa no mercado de maneira atual. Com isso, há um crescimento nas chances de que o negócio continue crescendo de maneira sustentável. 

O primeiro passo para uma gestão eficiente é contar com uma análise, que serve para entender quais são os pontos de melhoria da empresa e quais são os pontos de destaque. Com as informações em mãos, é hota de preparar um planejamento estratégico e, posteriormente, sua implementação. Por fim, é necessário acompanhar as medidas tomadas para novas análises. 

Quais os principais benefícios de uma Gestão Estratégica?

A gestão estratégica pode trazer uma série de vantagens para seu negócio, mesmo se for realizada de maneira simples. Nesse caso, um dos principais pontos positivos é que os processos podem ser otimizados em diversas áreas da companhia. Isso permite um melhor uso dos recursos financeiros, bem como uma maior produtividade entre os setores. 

Outro benefício importante é que as áreas da empresa passam a ter uma melhor comunicação, fazendo com que os colaboradores tenham a sensação de pertencimento do negócio. 

Além disso, com o uso da gestão estratégica se torna mais simples compreender quais são as áreas mais importantes para a empresa, permitindo que o gestor obtenha dados sobre a performance de cada uma delas para ajudar na definição de quais ações devem ser implementadas. 

Quais são as características de Gestão Estratégica eficiente?

Existem quatro etapas essenciais em uma gestão estratégica eficiente, são elas:

Análise: em um primeiro momento é preciso realizar uma análise do ambiente para compreender a atual situação da empresa. Para isso é preciso ter um panorama dos ambientes internos e externos. 

Estratégia: nessa fase é preciso criar um plano estratégico para que a organização chegue aos objetivos idealizados na primeira etapa. Nesse caso, devem ser definidas as metas que o empreendimento deve chegar, bem como quais são as formas de fazer isso. 

Estruturação da execução: agora é hora de colocar em prática o planejamento realizado na segunda fase. Aqui, é possível testar algumas ações e manter como padrão as que tiverem resultados positivos. A ideia é ter um processo padronizado para garantir um bom desempenho. 

Acompanhamento da estratégia: é imprescindível monitorar as estratégias implementadas. Isso porque o gestor tem a possibilidade de usar as informações obtidas para gerar novas diretrizes, além de encontrar ações que devem ser descartadas no processo. 

Quais as principais Etapas da Gestão Estratégica?

As etapas fundamentais para a gestão estratégica são:

Delegue funções e empodere seus funcionários

É essencial encontrar tarefas a serem delegadas aos colaboradores. Para que isso funcione de forma adequada, é preciso que o gestor selecione os responsáveis competentes e deixe claro quais são suas expectativas. 

Vale destacar que é essencial oferecer os recursos necessários aos funcionários, bem como monitorar o progresso. Isso deve ser feito sempre de maneira que eles se sintam valorizados e parte do negócio. Afinal, essa é uma oportunidade para desenvolvê-los, o que ajuda na motivação e engajamento. 

Elabore um cronograma

Para organizar as atividades e garantir que todas as etapas da gestão estratégica sejam concluídas dentro do prazo, é muito importante criar um cronograma detalhado. Nele, o gestor precisa deixar claro quais são as metas e os marcos importantes para a empresa. 

Além disso, o ideal é alocar os recursos de forma eficiente e permitir que esse cronograma seja ajustado sempre que for necessário. Essa é uma etapa essencial para o acompanhamento do processo e para a identificação se há algum atraso em tarefas. 

Mapeie e revise os processos gerenciais

O mapeamento e a revisão dos processos gerenciais serve para a identificação de processos ineficientes, bem como as áreas que podem ser melhoradas. Nessa fase, o ideal é documentar os processos atuais e analisá-los de maneira crítica para identificar oportunidades no uso de sistemas de automação. 

Ter uma revisão periódica é muito importante para garantir um melhor alinhamento entre os objetivos, os processos e as mudanças dos ambientes internos e externos. 

Invista na modernização dos processos

Como vimos no tópico anterior, pode ser necessário optar pela automação para obter ainda mais melhorias na gestão estratégica. Para aumentar a eficiência e a competitividade, a companhia pode investir na modernização dos seus processos. A ideia é adotar novas tecnologias e ferramentas que ajudem a automatizar tarefas repetitivas, melhorando a comunicação e otimizando o uso dos recursos financeiros da organização.

Ofereça treinamento a sua equipe

Além de delegar tarefas, é preciso oferecer treinamentos contínuos para a equipe. O objetivo é garantir que os colaboradores obtenham as habilidades e os conhecimentos necessários para executarem suas tarefas de maneira correta.

Uma forma de fazer isso é por meio de programas de capacitação que sejam focados no desenvolvimento profissional. Outro ponto importante é que esses treinamentos podem aumentar a motivação dos funcionários, melhorando inclusive a produtividade. 

Efetive a cultura da organização

Na gestão estratégica é essencial promover os valores da companhia, além de comportamentos e atitudes que tenham relação com seus objetivos. Por isso é importante incentivar uma cultura de colaboração e excelência entre os colaboradores. 

Vale ressaltar que, uma forma eficiente de fazer isso é comunicando claramente qual é a visão e os valores que a empresa tem, assegurando que os funcionários entendam e levem adiante.

Como a burocracia pode interferir na Gestão Estratégica da minha empresa?

Processos lentos e complicados podem ser muito prejudiciais na gestão estratégica da sua empresa. Isso acontece porque alguns setores costumam passar por etapas mais morosas, como o RH e o financeiro, por exemplo. Esse tipo de problema reduz a agilidade e a capacidade de resposta à mudanças. 

Além disso, a implementação de novas estratégias acaba ficando comprometida por conta de procedimentos excessivamente formais e burocráticos. Outro fator que deve ser considerado é que a burocracia pode acarretar desmotivação dos colaboradores, diminuindo a eficiência operacional e aumentando os custos administrativos. 

Quais são as ferramentas de Gestão Estratégica?

Atualmente, no mercado, existem uma série de ferramentas que podem contribuir para uma gestão estratégica mais eficiente. O mais interessante é que elas servem para diversos setores, como o de gestão de pessoas, finanças, vendas e marketing, por exemplo.

Para ficar mais claro, vamos elencar algumas das mais importantes. A análise SWOT, por exemplo, é uma solução que pode ser usada para uma maior compreensão de quais são os pontos fortes e as fraquezas da companhia, além de permitir o encontro de oportunidades no mercado.

Já o Balanced Scorecard tem como objetivo medir o desempenho por meio do uso de indicadores, podendo ser financeiros ou não. Outra solução importante é a Matriz BCG, que serve para identificar quais são os serviços e/ou produtos que trazem mais rendimentos para o negócio. 

Além dessas ferramentas, é importante que a empresa que quer apostar na gestão estratégica utilize soluções, como CRM, Análise PESTEL, OKR’s, entre outros.

Como softwares de gestão contribuem com o gerenciamento estratégico?

Como pudemos acompanhar ao longo do texto, existem diversas ferramentas no mercado com o objetivo de contribuir com o gerenciamento estratégico das empresas. Dessa forma, os softwares de gestão são imprescindíveis para a automatização de processos, centralização de informações e facilitação na análise de dados. 

Essas soluções permitem que o gestor monitore em tempo real o desempenho da companhia, podendo identificar de forma rápida as áreas que necessitam de melhorias e ajustes. Além disso, ferramentas como CRMs (Customer Relationship Management e ERPs (Enterprise Resource Planning) ajudam a melhorar a comunicação e fornecem relatórios detalhados para uma tomada de decisão mais consciente. 

Em resumo, pudemos ver como a gestão estratégica e sua aplicação eficiente são imprescindíveis para que a sua empresa permaneça e cresça de maneira sustentável. Por isso, essa é uma decisão que deve ser tomada o quanto antes. 

As organizações que desejam estar à frente da concorrência devem ter estratégias claras, além de contar com as ferramentas ideais para otimizar os processos. 

Gostou deste conteúdo? Para saber mais sobre esse e outros assuntos, acesse nosso blog. 

Tarina Lemmi
Curtiu o conteúdo? Compartilhe nosso artigo!
Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidos da semana
Histórias de Sucesso

Saiba como o BRASAS reduziu em 75% o tempo da gestão de despesas com os cartões VExpenses

O BRASAS revolucionou a gestão das despesas das unidades do Rio de Janeiro utilizando os cartões VExpenses. Com isso, a empresa conquistou uma redução de 75% no tempo gasto no processo completo, desde a prestação de contas até a reposição de valores aos cartões. Ampliando horizontes por meio da língua inglesa Com 58 anos de […]
Juliana Vasconcelos
12/06/2024
7 min de leitura
Viagens Corporativas

OBTs: como usar essas ferramentas na gestão de viagens corporativas?

Descubra como as Online Booking Tools (OBTs) revolucionam a gestão de viagens corporativas, automatizando processos, oferecendo controle e proporcionando economia de tempo e recursos. Saiba como escolher a melhor OBT para sua empresa e otimize suas operações de viagem hoje! No mundo das viagens corporativas, otimização e controle são fundamentais para o sucesso operacional. Uma […]
Tarina Lemmi
11/06/2024
8 min de leitura
Controle de Combustível

Gestão de combustível: economia e eficiência para a sua empresa

Na dinâmica do mundo empresarial moderno, em que a gestão eficaz dos recursos é extremamente importante para o sucesso operacional e financeiro, o combustível se destaca como um elemento fundamental, especialmente para empresas que contam com frotas de veículos. Neste artigo, vamos mostrar o que é a gestão de combustível e como ela pode impulsionar […]
Tarina Lemmi
06/06/2024
8 min de leitura
Receba as notícias mais relevantes sobre finanças diretamente no seu e-mail!
Fique por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro e receba em primeira mão informações sobre as novidades.

    Ao enviar este formulário, declaro que li e aceito a Política de Privacidade.