Veja os tipos de Custos e suas diferenças para despesas
Você sabia que confundir custo com despesa é muito comum entre os profissionais da área de finanças?  Isso acontece principalmente pela similaridade entre os termos, porém é bom frisar que, embora parecidos, eles possuem conceitos bem distintos. Quer entender mais a fundo sobre as diferenças entre custo e despesas, como esses conceitos se relacionam e […]
16 de agosto de 2023
6 min de leitura

Você sabia que confundir custo com despesa é muito comum entre os profissionais da área de finanças

Isso acontece principalmente pela similaridade entre os termos, porém é bom frisar que, embora parecidos, eles possuem conceitos bem distintos.

Quer entender mais a fundo sobre as diferenças entre custo e despesas, como esses conceitos se relacionam e quais os principais tipos? Então, continue lendo o nosso artigo!

O que são Custos empresariais?

Os custos empresariais são aqueles gastos que uma empresa possui para a produção de bens e serviços comercializados no mercado ou para garantir as operações da companhia. 

Nesse caso, eles são imprescindíveis para a sobrevivência do negócio, já que estão diretamente associados com a atividade principal da empresa ou a entrega dos produtos ou serviços. 

No entanto, vale ressaltar que os custos podem variar conforme o perfil da empresa e o ramo de atuação. 

Quais são os tipos de Custos?

Existem diferentes tipos de custos relacionados ao processo produtivo de uma empresa ou para a aquisição de bens e serviços.

Confira abaixo quais são eles:

Custo operacional

O custo operacional está relacionado com os gastos da empresa, que são essenciais para a sua operação diária, como aluguel de estrutura, marketing, seguros, serviços de energia, água, internet, etc.  

Custo total

Já o custo total, é o somatório de todos os gastos que uma organização tem para fazer a produção de um volume de bens ou a prestação de serviços em um determinado período. 

Neste sentido, o custo total abrange todos os tipos de custos que envolvem a produção de bens e serviços, além dos custos operacionais para manter a operação da empresa. 

Custos diretos e indiretos

Os custos diretos e indiretos são usados para a identificação e classificação dos gastos de uma companhia. 

O objetivo deste tipo de custo é fazer a divisão dos gastos atribuídos a um determinado produto, setor ou atividade.

Custo primário

O custo primário, chamado também de custo produção ou custo direto, está associado com os gastos diretamente ligados à fabricação de bens ou serviços. 

Ele refere-se, principalmente, aos materiais diretos, gastos produtivos ou mão de obra direta.

Quais são os exemplos de Custos?

Há diferentes tipos de custos em uma empresa, que podem ser classificados em custos diretos, de produção, primários, etc, como você acabou de acompanhar no tópico anterior. 

Entre os principais exemplos de custos diretos, podemos citar os custos de materiais utilizados na produção, mão de obra direta, embalagens para produtos, etc.

Já nos custos indiretos, alguns exemplos estão relacionados com os gastos gerais de fabricação, como energia elétrica, aluguel, internet, água, etc.

Há também custos relacionados à área administrativa, como salários e gastos ligados à equipe administrativa e à gestão da empresa. 

O que é despesa?

Despesas estão relacionadas aos gastos ou saídas de recursos de uma empresa em um determinado período. 

Nesse sentido, elas são categorizadas conforme a natureza dos gastos, como despesas operacionais, financeiras, vendas, não operacionais, impostos e depreciação e amortização. 

Quais são os exemplos de despesas?

Entre os principais exemplos de despesas estão as seguintes:

  • salários;
  • aluguel;
  • energia elétrica; 
  • materiais de escritório;
  • marketing; 
  • seguros;
  • juros de empréstimos;
  • encargos de cartão de crédito;
  • multas, perdas cambiais, etc.

Qual a diferença entre Custo e despesa?

Os custos e despesas não são a mesma coisa, embora tenham conceito semelhantes. Para ficar claro, os custos estão ligados à produção de bens ou à prestação de serviços de uma empresa. 

Ou seja, são gastos essenciais para a manutenção das atividades de uma companhia, seja para fabricar produtos ou ofertar um serviço.

Já as despesas estão diretamente relacionadas aos gastos gerais que uma empresa possui e não estão diretamente ligadas à área produtiva.

Por que analisar Custos e despesas é importante?

Analisar custos e despesas de uma empresa é essencial, pois isso permite compreender de forma detalhada as estruturas de gastos da organização, identificando oportunidades para otimizá-los ou até mesmo reduzi-los.

Com isso, é possível aumentar a margem de lucro e fazer uma precificação correta dos produtos e serviços, garantindo que o valor de venda cubra os custos da empresa e assim gere lucro. 

Sem contar que essa análise possibilita que a companhia tome decisões mais bem embasadas e seguras, levando em conta uma série de dados e garantindo, desta forma, um melhor direcionamento dos recursos. 

Como identificar Custos e despesas na empresa?

Para identificar custos e despesas, o primeiro passo é fazer um levantamento detalhado das operações financeiras e registros contábeis.

Sendo assim, categorize os gastos em grupos, como custos diretos, indiretos, despesas operacionais, etc. Faça o mesmo com as despesas, que podem ser conhecidas ao analisar os gastos administrativos, operacionais e produtivos. 

Após fazer a classificação dos gastos, faça uma análise individual de cada um deles e os enquadre como custo ou despesa. 

Saiba que, hoje em dia, os sistemas de gestão financeira podem facilitar e muito essa identificação, permitindo uma análise mais detalhada dos custos e despesas da sua empresa.

Como analisar os Custos e despesas de uma empresa?

Analisar os custos e despesas é uma etapa imprescindível na gestão financeira de qualquer companhia. 

Depois de identificar e categorizar todos os custos e despesas, é preciso avaliar a relação entre custos, despesas e receitas, a fim de compreender como os diferentes elementos impactam a  rentabilidade do negócio. 

Faça, também, comparações entre os mais diversos períodos, levando em consideração aspectos como, a sazonalidade e outros fatores que interferem em cada custo

Realize projeções financeiras e simulações de diferentes cenários, pois isso te ajudará a tomar decisões mais bem embasadas.

Lembre-se que uma rotina de análise dos custos e despesas possibilitará uma gestão financeira mais eficiente.

Conclusão

Agora que você já sabe as diferenças entre custos e despesas, fica mais fácil avaliar cada um desses aspectos que impactam diretamente na saúde financeira da sua empresa.

Se você se interessa por esse e outros assuntos do universo financeiro empresarial, não deixe de acompanhar o nosso blog, pois trazemos conteúdos interessantes sobre o setor semanalmente.

Tarina Lemmi
Curtiu o conteúdo? Compartilhe nosso artigo!
Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidos da semana
Histórias de Sucesso

Saiba como o BRASAS reduziu em 75% o tempo da gestão de despesas com os cartões VExpenses

O BRASAS revolucionou a gestão das despesas das unidades do Rio de Janeiro utilizando os cartões VExpenses. Com isso, a empresa conquistou uma redução de 75% no tempo gasto no processo completo, desde a prestação de contas até a reposição de valores aos cartões. Ampliando horizontes por meio da língua inglesa Com 58 anos de […]
Juliana Vasconcelos
12/06/2024
7 min de leitura
Viagens Corporativas

OBTs: como usar essas ferramentas na gestão de viagens corporativas?

Descubra como as Online Booking Tools (OBTs) revolucionam a gestão de viagens corporativas, automatizando processos, oferecendo controle e proporcionando economia de tempo e recursos. Saiba como escolher a melhor OBT para sua empresa e otimize suas operações de viagem hoje! No mundo das viagens corporativas, otimização e controle são fundamentais para o sucesso operacional. Uma […]
Tarina Lemmi
11/06/2024
8 min de leitura
Controle de Combustível

Gestão de combustível: economia e eficiência para a sua empresa

Na dinâmica do mundo empresarial moderno, em que a gestão eficaz dos recursos é extremamente importante para o sucesso operacional e financeiro, o combustível se destaca como um elemento fundamental, especialmente para empresas que contam com frotas de veículos. Neste artigo, vamos mostrar o que é a gestão de combustível e como ela pode impulsionar […]
Tarina Lemmi
06/06/2024
8 min de leitura
Receba as notícias mais relevantes sobre finanças diretamente no seu e-mail!
Fique por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro e receba em primeira mão informações sobre as novidades.

    Ao enviar este formulário, declaro que li e aceito a Política de Privacidade.