Diretor financeiro: o que faz, carreira e dicas para a profissão
Dentro das empresas, existem diversos profissionais trabalhando juntos para obter o sucesso e crescimento financeiro do negócio. Um deles é o diretor financeiro, também conhecido como CFO. Esse profissional ocupa um cargo de alto escalão e utiliza seu conhecimento e experiência para obter lucros e gerenciar os registros financeiros da empresa em que trabalha. Um […]
20 de janeiro de 2023
11 min de leitura

O diretor financeiro, também conhecido como CFO, é o profissional que ajuda a atingir os objetivos de negócios das empresas, oferecendo conselhos e orientações sobre a estratégia financeira.

Dentro das empresas, existem diversos profissionais trabalhando juntos para obter o sucesso e crescimento financeiro do negócio. Um deles é o diretor financeiro, também conhecido como CFO.

Esse profissional ocupa um cargo de alto escalão e utiliza seu conhecimento e experiência para obter lucros e gerenciar os registros financeiros da empresa em que trabalha.

Um diretor financeiro deve ter atenção a diversas questões, como gestão de despesas, gerar e analisar relatórios financeiros, treinar e orientar a equipe do setor de finanças e muito mais.

Quer saber mais sobre o que esse profissional faz para saber se as responsabilidades que ele possui se alinham com seus objetivos pessoais de carreira? Continue a leitura e descubra o que precisa saber sobre a atuação de um diretor financeiro nas empresas.

O que é CFO?

CFO é uma sigla para denominar o cargo de diretor financeiro. Ela vem do inglês e significa “Chief Financial Officer”. Portanto, se alguém utilizar a sigla CFO, ela está se referindo ao diretor que cuida do setor de finanças corporativas.

Importância do cargo

De acordo com dados obtidos pelo IBGE, 48% das empresas no Brasil fecham em cerca de três anos e um dos principais motivos é a falta de gestão.

Além disso, ainda segundo o IBGE, 25% dos empresários brasileiros que tiveram que fechar suas empresas apontaram a falta de boa gestão como um dos principais motivos para que ocorresse a falência.

Esses dados mostram como o trabalho do setor financeiro é importante para as empresas. Porém, para que os profissionais de finanças consigam obter bons resultados para o negócio, é necessário que a organização tenha um CFO competente.

Qual a diferença entre CFO e CEO?

Quando se trata de siglas no mundo corporativo, é comum que as pessoas se confundam sobre o que elas significam.

No caso de CFO, é a sigla para diretor financeiro. Ou seja, quem comanda a parte financeira da empresa, incluindo os objetivos do departamento, KPIs e assim por diante.

Já no caso de CEO, a sigla significa “Chief Executive Office”. O profissional que ocupa esse cargo é o responsável por tomar as decisões gerais do negócio. Portanto, em uma hierarquia de cargos, podemos dizer que o CEO está acima do CFO.

O que faz um diretor administrativo e financeiro?

Se você deseja trabalhar como diretor financeiro administrativo, pode estar se perguntando o que esse profissional realmente precisa fazer no seu dia a dia.

Os diretores financeiros fazem parte de uma equipe que gerencia todos os aspectos da saúde financeira e do crescimento de longo prazo de um negócio. Eles precisam estabelecer e manter uma estratégia financeira para obter lucros e ainda precisam supervisionar as operações financeiras e contábeis. 

Atribuições do dia a dia e responsabilidades

As responsabilidades de um CFO podem variar de acordo com cada empresa. No entanto, o profissional costuma ser responsável por:

  • Dirigir e monitorar toda a atividade financeira da organização;
  • Gerenciar o fluxo de caixa da empresa;
  • Delinear e implementar planos de orçamento para toda a empresa;
  • Preparar as demonstrações financeiras da empresa mensal e anualmente, conforme necessário;
  • Supervisionar todo o trabalho de contabilidade e configurar auditorias internas e externas para garantir a precisão das informações;
  • Usar a análise de dados para prever estrategicamente as tendências financeiras;
  • Trabalhar e aconselhar a equipe de investimentos na tomada de decisões financeiras sólidas para aumentar os lucros e minimizar as perdas;
  • Fornecer consultoria de planejamento financeiro estratégico à alta administração para crescimento a longo prazo;
  • Estabelecer processos internos de trabalho para o departamento financeiro (incluindo contabilidade e cobrança) e monitorar seu progresso;
  • Manter e gerenciar relacionamentos com clientes investidores;
  • Analisar e interpretar dados financeiros e apresentar as informações com relatórios e apresentações ao conselho de administração e diretor executivo;
  • Gerenciar o dinheiro de quaisquer subsídios ou financiamentos externos;
  • Ficar a par das tendências e padrões atuais do mercado e agir de acordo;
  • Avaliar os gastos da empresa e trabalhar para reduzir custos;
  • Gerenciar o departamento financeiro, treinando novos funcionários conforme necessário;
  • Ter uma compreensão clara e cumprir as leis e regulamentos atuais.

Qual é o salário de um diretor financeiro?

Assim como ocorre com outros cargos, o de diretor financeiro também pode variar bastante de uma empresa para outra.

Porém, a média de salário para esse profissional é de R$ 6.500, podendo variar de acordo com algumas variáveis, como o tipo da empresa, tamanho do negócio, tempo de experiência, entre outros fatores. Esse é o cargo com maior remuneração quando se trata da hierarquia do departamento financeiro em uma empresa.

Portanto, se você já atua no setor de finanças e deseja crescer profissionalmente na área, é uma boa ideia colocar o cargo de diretor (a) como um objetivo a ser alcançado.

O que é preciso para ser um diretor financeiro?

Mas, e agora, como ser diretor financeiro em uma empresa? Um CFO, além de ter uma formação específica para o cargo, também deve ter uma longa experiência como estrategista financeiro.

Os diretores iniciam a carreira no setor como analistas, auditores, gestores financeiros ou contabilistas. Com o passar do tempo, vão adquirindo a experiência necessária para poderem ocupar o cargo de diretores.

Que faculdade fazer para ser um diretor financeiro?

Para se tornar um diretor financeiro é necessário realizar algum curso de graduação que seja relacionado ao setor de finanças. Alguns deles são:

Ciências contábeis

Essa graduação visa formar profissionais que serão responsáveis por controlar receitas, despesas e os lucros da empresa.

Além disso, também devem registrar as atividades financeiras, criar relatórios e elaborar o balanço patrimonial do negócio. 

Administração

O curso de administração é um dos mais procurados, já que existem diversas vagas disponíveis no mercado de trabalho e é possível atuar em diferentes cargos em uma empresa.

Quem opta por essa graduação aprende a fazer o gerenciamento de empresas e de suas finanças. Também se capacita para lançar novos produtos no mercado, liderar equipes e organizar a produção de fábricas, por exemplo.

Economia

O curso de economia é mais uma opção de graduação que pode ser realizada tanto presencialmente quanto de casa. A duração média é de 5 anos.

Ao fazer essa graduação, o aluno aprende a analisar o mercado de atuação do negócio, identificar boas opções de investimentos, entre outras questões importantes para o crescimento das empresas.

Gestão financeira

Por fim, mas não menos importante, quem tem formação em gestão financeira também pode ocupar o cargo de diretor financeiro.

Essa é uma boa opção para quem deseja realizar um curso com uma duração menor, já que ele dura em média de 2 a 3 anos. Nesse caso, estamos falando de um curso superior tecnológico, que também é disponibilizado em formato presencial e a distância.

O curso de gestão financeira capacita os alunos para poderem utilizar técnicas, tecnologias, métodos e conceitos financeiros para otimizar os investimentos, controlar orçamentos, entre outras responsabilidades.

Além das graduações, quem deseja ocupar um cargo de direção também deve se dedicar para realizar outras especializações, como um MBA ou mestrado.

Requisitos / Perfil ideal

Os diretores de finanças podem possuir uma combinação de diferentes habilidades técnicas e comportamentais para ter sucesso em suas funções.

Alguns dos requisitos mais exigidos, além da formação em algum curso relacionado à área, são:

Boa comunicação

Ter uma boa comunicação é um talento necessário para trocar e receber diversos tipos de informações. Embora essa habilidade seja uma parte natural da vida profissional, comunicar-se de maneira clara e eficaz é um talento muito importante para cargos de liderança.

É necessário que o profissional consiga se comunicar de maneira verbal e não verbal por meio da escuta ativa, fala, observação e empatia. Dessa maneira, é possível promover relacionamentos positivos com sua equipe, se comunicar e colaborar com outros departamentos e profissionais.

Habilidades de gestão de tempo

A gestão de tempo está relacionada à capacidade do profissional equilibrar e priorizar projetos de maneira que eles sejam concluídos dentro do cronograma estabelecido. Assim, é possível preservar o equilíbrio entre vida pessoal e profissional.

Muitas vezes, os diretores financeiros realizam muitas tarefas ao mesmo tempo. Por esse motivo, é necessário priorizar as responsabilidades.

Dito isso, as habilidades de gestão de tempo são essenciais para que o profissional possa planejar seu trabalho de maneira que possa cumprir todas suas tarefas. 

Pensamento crítico e fácil resolução de problemas

Ter pensamento crítico nada mais é do que o processo de estudar informações para ter uma compreensão total de um tópico ou problema.

É extremamente importante que os diretores financeiros consigam pensar de maneira crítica e agir com responsabilidade quando se depararem com questões financeiras desafiadoras. Afinal, esse tipo de situação costuma gerar estresse.

Habilidades analíticas

Quem ocupa um cargo de direção precisa ter uma boa capacidade de analisar e avaliar situações que ocorrem no dia a dia. Para fazer isso de maneira eficiente, é necessário compreender quais são os fatos e acessar dados ou informações sobre o problema.

Dito isso, as habilidades analíticas incluem a capacidade do profissional examinar dados e raciocinar logicamente para desconstruir problemas e definir soluções estratégicas.

Habilidades matemáticas

Como estamos falando de um profissional que atua no setor financeiro, é extremamente importante que um CFO tenha habilidades matemáticas.

Essas habilidades estão presentes no dia a dia, por exemplo, quando for necessário pagar ou calcular despesas.

Porém, quando se trata do ambiente de trabalho, o diretor financeiro precisa ter um bom conhecimento de cálculos. Afinal de contas, eles são responsáveis por supervisionar todo o departamento de finanças e a saúde da empresa.

Leia também: Contenção de despesas na empresa: importância e como fazer

Desafios de ser um diretor financeiro

Todo gestor financeiro precisa estar preparado para encarar diversos desafios que podem surgir no setor de finanças. Por esse motivo, é importante que ele tenha as habilidades que já citamos.

Além disso, ele precisa ter uma visão geral da empresa em que trabalha. Dessa maneira, pode criar processos e controles internos e, com isso, analisar e prever possíveis dificuldades que podem ocorrer.

Dito isso, dos maiores desafios de um diretor financeiro, estão:

Como ter uma rotina mais tranquila sendo diretor financeiro

As soluções tecnológicas existem para facilitar a vida de todos, seja na vida pessoal ou profissional. Portanto, o CFO precisa saber como lidar com a tecnologia para que seu trabalho seja otimizado e potencializado.

Hoje em dia, é possível encontrar diferentes opções de soluções que tornam o trabalho muito mais prático, seguro e eficiente. Isso inclui desde o uso de ferramentas para comunicação entre colaboradores até softwares para gestão financeira empresarial.

Com o VExpenses, por exemplo, é possível fazer um melhor controle financeiro da empresa, incluindo uma maior facilidade para fazer a gestão de reembolsos – como de viagens corporativas.

Além disso, você também pode contar com um cartão corporativo que ajuda a manter todos os gastos em apenas um lugar.

Agora você já sabe o que faz um diretor financeiro e como construir uma carreira para ocupar esse cargo em uma empresa.

Esperamos ter ajudado a ter uma visão mais clara sobre como é o trabalho desse profissional e qual é a sua importância nas organizações.

Gostou do conteúdo e quer continuar aprendendo com o blog do VExpenses? Confira: Como aumentar a produtividade da equipe no setor financeiro?

hom
homepage
Tarina Lemmi
Curtiu o conteúdo? Compartilhe nosso artigo!
Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidos da semana
Histórias de Sucesso

Saiba como o BRASAS reduziu em 75% o tempo da gestão de despesas com os cartões VExpenses

O BRASAS revolucionou a gestão das despesas das unidades do Rio de Janeiro utilizando os cartões VExpenses. Com isso, a empresa conquistou uma redução de 75% no tempo gasto no processo completo, desde a prestação de contas até a reposição de valores aos cartões. Ampliando horizontes por meio da língua inglesa Com 58 anos de […]
Juliana Vasconcelos
12/06/2024
7 min de leitura
Viagens Corporativas

OBTs: como usar essas ferramentas na gestão de viagens corporativas?

Descubra como as Online Booking Tools (OBTs) revolucionam a gestão de viagens corporativas, automatizando processos, oferecendo controle e proporcionando economia de tempo e recursos. Saiba como escolher a melhor OBT para sua empresa e otimize suas operações de viagem hoje! No mundo das viagens corporativas, otimização e controle são fundamentais para o sucesso operacional. Uma […]
Tarina Lemmi
11/06/2024
8 min de leitura
Controle de Combustível

Gestão de combustível: economia e eficiência para a sua empresa

Na dinâmica do mundo empresarial moderno, em que a gestão eficaz dos recursos é extremamente importante para o sucesso operacional e financeiro, o combustível se destaca como um elemento fundamental, especialmente para empresas que contam com frotas de veículos. Neste artigo, vamos mostrar o que é a gestão de combustível e como ela pode impulsionar […]
Tarina Lemmi
06/06/2024
8 min de leitura
Receba as notícias mais relevantes sobre finanças diretamente no seu e-mail!
Fique por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro e receba em primeira mão informações sobre as novidades.

    Ao enviar este formulário, declaro que li e aceito a Política de Privacidade.